20 passos para a revisão de um manuscrito

Se você terminou um manuscrito, o primeiro passo é comemorar, dar um tempo para depois voltar e revisar o texto, como todos sabemos, é preciso uma certa distância do texto para que possamos vê-lo claramente, inclusive para que possamos identificar erros gramaticais.

Para mim, existem dois problemas ao abordar a fase de revisão, o primeiro é a possibilidade de que eu odeie o manuscrito e queira abandoná-lo, a segunda é a de que eu goste demasiado e não queira mudar certas coisas, que precisam de mudanças, ficar apegada.

Então quando comecei a aprender mais sobre esse tópico na especialização, as coisas ficaram bem mais claras pra mim e creio que esse processo de 20 passos que aprendi no curso ajudam a sanar os dois problemas que acabo de citar.

Primeiramente, tire uma folga, celebre com um bom jantar e aguarde uma semana.

O processo

Edição e revisão podem ajudá-lo a ver seu enredo de uma maneira diferente, para descobrir o que é a sua história.

O processo de revisão começa com o primeiro rascunho, que agora se tornará seu segundo rascunho, e continua até que o manuscrito esteja pronto para ser enviado a um agente, editora ou até mesmo publicação independente.

Número um

Comece com correções fáceis, erros de digitação e gramática. Isso é chamado de execução da verificação ortográfica. A verificação ortográfica em execução não é a revisão. A verificação ortográfica é apenas o primeiro passo no seu processo de revisão de 20 etapas; portanto, não confunda os dois.

Número dois

Omita palavras desnecessárias. Veja suas frases. Cada palavra é necessária? Procure qualquer oportunidade para cortar as palavras que você não precisa, formando frases mais centradas, curtas e objetivas.

Número três

Lugares cortados onde você está pensando pelo leitor. Isto é, onde você está dizendo e não mostrando. Se um leitor precisar entender um ponto específico, ele deve ser mostrado em cena para que ele possa tirar suas próprias conclusões. Se você precisar dizer alguma coisa, escreva-a novamente e novamente, até que você a mostre.

Número quatro

Cortar a direção do palco, fugir de elaborar a história óbvia e desajeitada. A direção do palco são linhas que focam onde o personagem está ou quantos movimentos físicos são necessários para chegar à cozinha. Não acompanhe cada passo que um personagem dá. Coloque o leitor dentro da cabeça dele.

Número cinco

Assegure uma motivação consistente do personagem. Se um personagem faz algo fora de sua caracterização inicial, deve ser porque o seu personagem evoluiu na sua história, não porque você esqueceu como ele é.

Número seis

Aconteceu alguma coisa interessante no começo? Uma ação concreta no final do primeiro parágrafo da sua história é necessária.

Número sete

A minha história é coerente? Meus detalhes são físicos e emocionais, consistentes ao longo da minha história?

Número oito

Existem cenas? Elas são claras? São cenas completas? Estou mostrando e não dizendo nessas cenas?

Número nove

Começo cada capítulo com algo ativo?

Número dez

Estou escrevendo com voz ativa? Evitei a voz passiva e a construção paralela, usando as mesmas palavras repetidamente?

Número 11

A configuração está funcionando? O cenário deve ser parte integrante da sua história e contribuir para a nossa compreensão. Caso contrário, sua história poderá ser definida em qualquer lugar, e essa não é uma maneira eficaz de contar uma história.

Número 12

Meus personagens estão agindo de maneira crível? Cada um deles quer alguma coisa? Cada um dos meus personagens tem falhas críveis? Seus personagens precisam fazer coisas que um leitor acredita serem capazes de fazer física e emocionalmente.

Eles também devem ter falhas, porque personagens defeituosos geralmente desejam algo. Personagens perfeitos não querem nada porque já têm tudo o que precisam.

Número 13

As transições entre meus parágrafos e seções são claras? Transições desleixadas expulsam o leitor da sua história, lembrando-nos onde estão as cenas da sua história.

Número 14

Minha história se encaixa da maneira certa? Segue a estrutura dos cinco atos? Ação, background, desenvolvimento, conflito e fim. Se a sua história não tiver a estrutura correta, ela não fará sentido para o leitor.

Número 15

Expliquei ao leitor todos os riscos envolvidos para cada um dos meus personagens? Personagens que não arriscam nada, ficam em casa no sofá. Personagens que correm riscos, nos contam uma história.

Número 16

Expliquei ao leitor as consequências desses riscos? Quanto melhor entendermos o risco de um personagem, melhor teremos empatia por esse personagem e desejaremos segui-lo.

Número 17

Todas as frases da minha história, aprofundam a compreensão do caráter ou avançam na trama? Cada frase do seu romance precisa fazer isso. Qualquer frase que falhar neste teste simples deve ser cortada.

Número 18

Meu segundo rascunho é 10% menor que meu primeiro rascunho?

Número 19

Estou pronto para descartar páginas ou rascunhos inteiros que simplesmente não estão funcionando, em vez de tentar encontrar inúmeras maneiras de manipulá-los? Só porque você trabalhou em algo por um ano, ou cinco anos, não significa que é bom.

Não se apegue a algo e remende-o com fita adesiva apenas porque você trabalha nisso há muito tempo. Se você não está bom, reescreva.

Número 20

No livro de Stephen King, On Writing, ele descreve a revisão como: “estou procurando o que eu quis dizer”. O que você quis dizer, está o mais claro possível na página? Quando você está escrevendo, tem uma imagem na cabeça que está tentando capturar. Você traduziu essa imagem em sua cabeça para a página?

Agora, a conclusão dessa lista de verificação deve levar de várias semanas a vários meses para ser concluída. Stephen King mencionou em seu livro, que esse processo leva pelo menos três a quatro meses de trabalho diário sólido, constante e contínuo.

Essa é a parte difícil de escrita de romance, que exige da gente a maior disciplina e paciência que podemos oferecer a projetos que amamos. Portanto, guarde esses passos com você e faça seu melhor 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s