Personagens que fazem rir, personagens que fazem chorar

Se você pensar em seus personagens preferidos de toda a literatura que já leu, com certeza vai ver que o motivo pelo qual você os ama, vai do grau de identificação que esses personagens despertaram em você. 

Os personagens que amamos têm traços que gostaríamos de ter. Melhor ainda: têm traços que gostaríamos de ter, mas temos medo. Nos lembram alguém que amamos ou detestamos, etc. Esses personagens são complexos, peculiares, têm personalidade.

Então como construir personagens que sejam assim também? Para mim, a resposta é emoção e desejo. Emoção no seu sentido raiz, do latim emovere, movere -mover- acrescida ao prefixo “e”, que denota afastar-se; o que indica que, em qualquer emoção, está implícita uma propensão para o agir imediato.

E o desejo, personagens que não desejam nada, não saem do lugar, até os sociopatas desejam algo. Quando criando um personagem, devemos nos perguntar o que o move e o que ele deseja mais que tudo. Dessa forma podemos fazer com que ele evolua dentro da história.

Superando o personagem inicial

Quando eu fiz Artes Visuais, meu professor que desenho nos ensinou que quando se tratava de rostos, era necessário que treinássemos muito, pois todos os rosto que desenhássemos a princípio teriam características nossas, uma vez que o nosso próprio rosto está enraizado muito profundamente em nosso inconsciente.

Era preciso desenhar rostos, até que superássemos o nosso próprio e pudéssemos criar outros rostos, ou ser fiel ao rosto de pessoas que estávamos desenhando.

Com os personagens creio que acontece o mesmo, é preciso superar nosso personagem inicial, nossas características e crenças, para então podermos criar. 

Escreva sobre você, coloque tudo pra fora, crie personagens para você mesmo, como um exercício, supere suas características e traços, para poder criar personagens originais.

As ações do personagem precisam mostrar mais que suas falas

Com essa regrinha eu parto do princípio de que alguém que é humilde, não precisa dizer que é humilde.

Pensa comigo que você está no ônibus e aí tem uma mulher falando ao telefone, sendo muito amável com seu esposo na linha, mas você pode ver em sua linguagem corporal e suas expressões que ela está fingindo. Talvez ela o odeie ou esteja com muita raiva dele. Embora você não conheça essa mulher, você pode ver pela forma que ela atua enquanto fala ao telefone, que ela está mentindo.

Psicologia

Algumas pessoas são excelentes observadoras, sabem ler uma pessoa, por suas roupas, seus gestos e ritmo de fala. São leitores natos do comportamento humano, mas outras não, são distraídas e não observam muito o arredor.

Para criar personagens é essencial conhecer o comportamento humano, então se você é um distraído, algo de psicologia pode te ajudar muito. Eu estudei psicanálise e ainda estudo, nisso me baseio. Exemplo:

Se estou criando um personagem que tem um gato e ele é uma pessoa obsessiva, o tratamento dele com o gato vai ser obsessivo, preocupado, ansioso, mas  se quero que esse personagem seja mais relax e good vibes, o tratamento dele com o gato vai seguir essas características.

Se meu personagem vive em São Paulo e está passando por um momento difícil, o olhar dele sobre a cidade vai ser muito particular, anuviado pelo véu da sua tristeza e de suas dificuldades. Já no caso de este personagem estar radiante e alegre, vamos ver uma cidade agitada e animada, bonita apesar de tudo, sob o olhar positivo do personagem.

O que irrita meu personagem? A que comida, bebida ou atividade ele ou ela não pode resistir? É um vício, é uma obsessão, é um distúrbio ou é apenas porque ele ama rosquinhas? Existe um prazer de infância em que seu personagem ainda se entrega quando adulto? Seja um cereal favorito ou empinar uma pipa? Qual é a coisa mais antiga na geladeira do seu personagem? Eles têm uma geladeira?

Um tick nervoso ou uma peculiaridade? Seu personagem balança o pé quando está nervoso? Ela enrola o cabelo em volta do dedo quando está preocupada? Ela balança as mãos durante a discussão? Ela usa os óculos de leitura na ponta do nariz enquanto conversa? Eles fecham os olhos quando estão rindo ou quando sonham acordados. Eles colocam um cigarro atrás da orelha?

Backgroung (Pano de fundo)

Catalogue seus personagens de maneira a saber tudo sobre eles, construa uma mini biografia e uma linha do tempo. Dessa forma você vai saber exatamente como esse personagem age ou fala. Fica muito mais fácil.

Faça isso também para personagens secundários e de menor importância na história, dessa forma você está em total controle e o leitor também sente isso. Sentimos quando o autor sabe profundamente do que está falando e até os personagens que aparecem somente em uma cena, são profundos e reais.

Sabe que é excelente nisso e sempre dá essa dica? J.K. Rolling!

Exercício

Faça esse exercício lindo maravilhoso!

Escolha um livro ou filme de que tenha gostado recentemente ou selecione uma história da mitologia. Identifique o principal desejo, necessidade ou ambição em pelo menos DOIS personagens principais do livro / filme / mito. 

(Cinderela: Precisa ser amada por quem ela realmente é. Príncipe: Precisa ser amado por quem ele realmente é.) 

Escreva um parágrafo para familiarizar seu leitor com os personagens escolhidos. Em seguida, crie um personagem novo e original e encaixe essa pessoa na sua história (uma segunda mulher atraente se junta ao príncipe e à Cinderela no baile.) 

Vamos ver todos os seus personagens em uma situação social e criar uma cena curta. (Cinderela, o príncipe e a nova mulher estão tomando uma bebida no terraço. Cinderela acha que encontrou uma nova amiga. O príncipe está com ciúmes. A nova mulher é um flerte?) 

Certifique-se de incluir detalhes reveladores. Sua cena não deve exceder 400 palavras e o parágrafo introdutório não conta para a contagem de palavras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s